sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

ENCERRANDO A PARTICIPAÇÃO DOS BAIANOS

Antes dessa galerinha chegar me foi oferecido milho verde aqui na porta. Preferi combinar com a pessoa de ir pegar na roça, quando eles chegassem. Fomos lá na terça, na entrada de Belisário, no "Serafim".
Tudo para eles é uma novidade, até abrir uma porteira.
Mas o cadeado emperrou. Um especialista foi convidado a fazer isso.
Eita neto bonito, sô!
Dá para ver que as fotos são de André.
Mas a graça está neles colherem o milho.
Momentos de amor. A família nunca registra os momentos de ódio.
Carinhos no  "maestro".
Fotos artísticas no terreiro de café.
Esse bicho é simpático, mas quando pega uma fiação corta tudo. O proprietário tá pê da vida com eles. 
Alice conversa com todo mundo.
Na quarta cedo eles partiram para o Aeroporto de Confins. 
Rogério Mota é o nosso faz tudo. Faz revisões no carro e também dirige, quando precisa. Cara bom de "mexer com ele", como dizem os mineiros. 
Ficamos aqui com os paulistas.

Um comentário:

  1. Falando Nisso , Rogério precisa fazer a troca da lampada da lanterna "da possante" ( sim , no feminino , se a Dilma podia ser" presidenta" porque a caminhonte não pode) . que esta queimada . Olha a "Murta"

    ResponderExcluir

Comente este post!