segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

30 ANOS DE VIDA FRANCISCANA

A comunidade católica de Belisário se mobilizou, nesse domingo, para comemorar essa data: a caminhada sacerdotal do Frei Gilberto.
Cedo os veículos começaram a estacionar aqui perto de casa. Sr. Roldão está chegando de seu sítio.
Frei Gilberto devidamente paramentado com "Tão", Ministro da Eucaristia.
O amigo Altamiro tá meio sumido. "Lalu" e Maria Elísia estão por aqui mesmo.
A missa de gratidão pela vida do Frei vai começar. Afinal: "Quão formosos são, sobre os montes, os pés do que anuncia as boas novas, que faz ouvir a paz, do que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação." Isaías 52:7
Uma celebração muito alegre, com essa equipe de música.
Grande participação leiga nas leituras.
"Louvai o Senhor Deus, porque ele é bom, cantai ao nosso Deus, porque é suave. Ele é digno de louvor. Ele conforta os corações despedaçados, e enfaixa suas feridas e as cura. O Senhor Deus é o amparo dos humildes".
São Paulo aos Coríntios – "Irmãos: pregar o evangelho não é para mim motivo de glória. É antes uma necessidade, uma imposição. Ai de mim se eu não pregar o evangelho!"
Naquele tempo, Jesus saiu da sinagoga e foi, com Tiago e João, para a casa de Simão e André... Ele segurou na mão da sogra de Pedro que estava doente e ajudou-a a levantar-se. Então, a febre desapareceu, e ela começou a servi-los. À tarde, depois do pôr do sol, levaram a Jesus todos os doentes e os possuídos pelo demônio. ... Jesus curou muitas pessoas de diversas doenças e expulsou muitos demônios. De madrugada, Jesus se levantou e foi rezar num lugar deserto...  Jesus respondeu: “Vamos a outros lugares, às aldeias da redondeza! Devo pregar também ali, pois foi para isso que eu vim”. E andava por toda a Galileia, pregando em suas sinagogas e expulsando os demônios.
Na homilia o Frei Gilberto reforça a ansiedade de Paulo em pregar o Evangelho sendo essa a razão de sua existência. Da mesma forma em relação à Jesus, que sempre evidencia que o seu trabalho é  fruto de um chamado de Deus e não algo de si mesmo. Esse trabalho é fruto de uma impulsão do Espírito Santo. O frei lembra que a Igreja Católica tem esse ano como o ano do laicato e assim cada leigo deve procurar descobrir a sua vocação e colocá-la a serviço do Reino de Deus, para fazer diferença nesse mundo.
Ele lembra a sua experiência, há mais de 30 anos, adolescente em Visconde de Rio Branco, quando vivia numa comunidade de formação de vários jovens franciscanos. Foi aí que ele se sentiu chamado por Deus. Ele estudava muito, pois pretendia fazer vestibular de medicina. No último ano do ensino médio mudou de plano e foi para o seminário. 1988, em Rio Branco, foi o ano em que ele se apresentou de fato à Igreja e abraçou essa forma de vida e se tornou frei. Nessa ocasião ele escolheu a frase de S. Francisco de Assis como seu lema:
"É isso que eu quero, é isso que eu procuro, é isso que eu desejo fazer de todo o coração.."
De lá, ele foi para Betim completou os seus estudos. A sua primeira nomeação foi para a cidade de Santos Dumont, onde ficou por 2 anos. Posteriormente, foi transferido novamente para Betim onde pastoreou por 16 anos, trabalhando na formação de padres.
Em 2010 veio para Rosário da Limeira e, a convite do Bispo assumiu em 2011 exclusivamente a Paróquia de Santo Antônio. Aqui criou a Fraternidade Franciscana, hoje composta por cerca de 40 leigos. Considera ele, que pastorear Belisário é um privilégio.
O Frei Gilberto lembra o fato triste que o envolveu naquela ameaça de morte, há 1 ano, o que promoveu uma grande exposição de sua vida, inclusive na mídia, o que não combina com a sua forma de vida e de um franciscano. Isso lhe foi muito incômodo. Mas foi uma boa oportunidade de perceber que a comunidade está com ele, fortalecendo a sua vida franciscana.
Osvaldina faz outra leitura.
Vamos ver quem estava lá?
Alice merece destaque, com Mariana e "Nanô".
Milena também.
Momento de homenagens.

José Antônio traz uma palavra de reconhecimento à conduta de Frei Gilberto, destacando o seu espírito de defensor do Meio Ambiente, muito importante nessa zona de amortecimento de um parque estadual.
Valdeci, presidente da Cáritas regional  e ligado ao movimento sindical em Miradouro, também homenageou o Frei pelo seu dinâmico trabalho de proteção da natureza. Ele mora na Comunidade do Serrote, aqui pertinho.
Também Simone fez uma manifestação de apreço a ele, falando em nome de todas as áreas ministeriais da paróquia, e das comunidades que a integram.
Um presente da comunidade é trazido por Clara e seu filho Francisco, duas marcantes personalidades na formação de Frei Gilberto.

De pronto ele vestiu o presente. Uma cazula. Descobri ser esse o nome do paramento.
Dona Elvira teve uma palavra de privilégio. Falou que sempre teve admiração pelos franciscanos e foi uma agradável surpresa quando pode passar a ser pastoreada por um deles.
Algumas faixas de saudação, pela rua.
Casais de Muriaé que dão aqui suporte ao ECC-Encontro de Casais com Cristo , juntamente com lideranças locais do movimento.
De surpresa apenas para o Frei, um almoço para toda a comunidade foi realizado no GAB, promovido pelos paroquianos.
Salão lotado. Muitos já saíram.
Uma agradável roda de viola ia acontecendo com os nossos artistas.
Parte da equipe de cozinha. Tem mais gente lá dentro.
Professora Caliana trabalhou na nossa Escola Estadual em 2017. Já não estará conosco em 2018. É lamentável o descaso com a educação nesse país. Os professores e técnicos de educação passaram a ter curtíssima permanência nas escolas públicas. Com isso não fixam raízes, quando passam a se identificar com os alunos são removidos ou perdem o emprego, quando não são efetivos. Também passam por um forte estresse até saberem para qual escola irão, se é que irão.
Deveriam tratar educação nesse pais como se trata carnaval e futebol.
Algumas meninas do Projeto Mente Ativa.
Os irmãos e a cunhada. Gabriel é gente nossa.
Todos receberam essa lembrancinha.
Novos talentos vão se apresentando. O filho Dirceu também é músico.
Olha que beleza o Artesanato do Moreira, cedidos para ornamentar o salão! Eles alugam objetos e móveis para ornamentação de festas (3711 1015).
Só tem cara de bravo. "Toninho do Barracão" é gente muito boa.
De novo Clara e Francisco.
Fartura é a marca dos eventos aqui em Beli. Todos já comeram fartamente.
Essa turma é do ECC-Encontro de Casais com Cristo, aqui de Beli, com alguns de Muriaé.
Nós também queremos uma foto com o Frei, a quem muito respeitamos.
Ele fez questão de me pedir para registrá-lo com esse casal. Zé Domingos e Terezinha são pilares sólidos da paróquia.
D. Nely Gonçalves não pode deixar de ser registrada, ao lado da filha Sirley.
E também a comissão organizadora dessa programação.


Como se vê, uma manhã agitadíssima em Belisário. Uma merecida homenagem a essa pessoa tão querida e dedicada ao trabalho de Deus. Deixo para ele, que tanto abençoa, a Bênção Araônica, de Números 6:
O Senhor te abençoe e te guarde; O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; O Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.

Um comentário:

  1. Puxa, que lindo! Alegria em templo repleto de gente do bem. O Brasil precisa muito dessa gente decente. Isaias Laval

    ResponderExcluir

Comente este post!