terça-feira, 27 de junho de 2017

TERÇA É DIA DE PELÔ. I PARTE

Mas primeiro vou mostrar a caminhada  de ontem na orla da Barra com esses dois grandes amigos, que acompanham EMBELISARIO e assim vão para a telinha. Marcos é o meu sócio naquele flat que ele comprou pra nós lá em Vilas. Ademir Clavel é Auditor do Banco Central. Ambos já estiveram em Beli, com as esposas.
Nessa terça saímos cedo com Mariana no volante. À esquerda o chique bairro do Horto de um lado e do outro, o bairro Vasco da Gama, com todos os seus problemas.  Gosto de mostrar sempre para não ficar aquela visão Poliana de uma cidade.
Dique do Tororó, com os seus orixás. Católicos, protestantes e evangélicos, esses últimos com maior dificuldade, convivem bem com isso aqui em Salvador, onde a influência da cultura africana é muito grande,já que cerca de 80% da população é negra.
"Os orixás são deuses africanos que correspondem a pontos de força da Natureza e os seus arquétipos estão relacionados às manifestações dessas forças.
Como resultado do sincretismo que se deu durante o período da escravatura, cada orixá foi também associado a um santo católico, devido à imposição do catolicismo aos negros. Para manterem os seus deuses vivos, viram-se obrigados a disfarçá-los na roupagem dos santos católicos, aos quais cultuavam apenas aparentemente."
https://ocandomble.com/os-orixas/
Arena Fonte Nova: palco de grandes emoções.
Estamos na Baixa do Sapateiro:
"A Baixa dos Sapateiros é o vale do Rio das Tripas, registrado desde o século 16. Por volta de 1612, o cartógrafo português João Teixeira Albernaz identificou a região como um brejo cheio de hortas que cerca a Cidade.
No século 18, já existiam algumas construções, como a  Capela de N. S. de Guadalupe. Entretanto, até o início do século 19, boa parte da Baixa dos Sapateiros ainda era um pântano. Desde o século 19, era conhecida como a Rua da Valla e a região tinha bastante vegetação e muitas árvores de jacarandá, cuja madeira era usada em construções da Cidade.
Por volta dos anos 1830, a região começou a ser urbanizada. Em 1862, a Rua da Valla foi completamente aterrada e, em 1865, tornou-se a primeira grande avenida de vale da Cidade."
http://www.salvador-antiga.com/baixa-sapateiros/antigas.htm
Tá lindo esse patrimônio histórico, o Lar Franciscano Santa Izabel, que foi construído pela Ordem III de São Francisco, em 1860, em estilo irmandade. O asilo recebeu visita de D. Pedro II e ganhou o nome em homenagem à filha do imperador, princesa Isabel.
Uma praça está sendo recuperada embaixo, como área de lazer.
A primeira parada será aqui, nessa placa no segundo andar.
Minha nora Mariana e André, em parceria com um casal amigo, montaram uma clínica de atendimento odontológico. Tudo muito bem estruturado e Já na chegada Deise, Ritinha e Verônica lha recebem com muito carinho.  
Mariana fica na administração do negócio.

São várias dentistas atendendo simultaneamente. Aproveitamos para fazer uma limpeza  nos dentes.
Olha ai o comercial, para os amigos da Bahia, principalmente do grupo de zap  "Navegar é Preciso"
A Baixa do Sapateiro, onde fica a Oraldents, é logo abaixo do Pelourinho. então, basta subir qualquer rua.
Aqui tudo ainda no clima de São João.
Você sabe que amo voltar no passado. Aqui era a sede do IPAC, onde fui Diretor Adjunto. Minha sala era naquela janela, no segundo andar, bem no coração do Pelô.
Embora estivesse fora do horário de visitas, Batista estava na recepção e,  e gentilmente, abiu as portas para nós. Ele era o coordenador da segurança quando aqui trabalhávamos.  Essa era a vista dos fundos.

Uma exposição de instrumentos musicais, de origens diversas. 
Esses são de origem indígena.
Também de origem africana e de outras partes do mundo.
Uma simulação de entrada em minha antiga sala. Está trancada.
Há poucos metros dela a entrada para o Museu Abelardo Rodrigues, e artes sacras.
Com os braços articulados permite-se que haja movimento das imagens na procissão.
Mais uma visão do Pelô.
Descemos para o largo onde fica a Casa de Jorge Amado.
À direita a Igreja de N. S. do Rosário dos Pretos e la no alto, à esquerda, a Igreja do Paço, onde foi filmado O Pagador de Promessas.
Isso é novo pra mim. Tuk-tuk para transportar turistas.
Vamos subir.
Aqui a primeira Faculdade de Medicina do Brasil. É que, em 1808, chegando em Salvador, o Príncipe Regente Dom João extinguiu  a proibição de funcionamento de cursos superiores no Brasil. Em 1832 criou a faculdade. 
Como tenho muita coisa pra mostrar, vou parar por aqui. Daqui a pouco posto a segunda parte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente este post!