sexta-feira, 26 de maio de 2017

DE SANTA CATARINA PRA BELISARIO

Mexendo na câmara vi essas fotos perdidas. Na partida do Aeroporto de Navegantes. em S. Catarina. Está conhecendo esse uniforme?
O time de basquete do Botafogo estava disputando jogos na região. Então vamos tietar.
Eles vão no mesmo voo. Passamos um zap pra família e André logo lembrou que não tinha perigo de cair. Se fosse o Vasco...
Pulando para Belisário registramos mais uma braçagem para a produção da BEERLISARIO lá no GAB.
Na verdade serão duas brassagens, de 120 litros cada, para aproveitar a montagem das torres. Água de Belisário, é claro.
 O primo Renato Sigiliano está empenhadíssimo nesse projeto e levando tudo muito a sério. E a suas cervejas vêm agradando sempre.

Hoje ele está produzindo a D. Nina, ou Bohemia Pilsener, uma alemã feita com dois tipos de maltes, 2 tipos de lúpulos e um fermento, sendo todo esse material importado.
A temperatura está em cerca de 66 graus. 


Renato explica ainda que daqui ela será levada para maturação, sendo esse malte aproveitado para alimentar peixes. 
A fermentação se dará em câmara fria, a  17 graus, por 8 dias, sem entrada de ar. Apenas saída.
Segundo ele algumas cervejas podem levar 9 meses e até ao anos em processo de maturação.  Essa diferença classifica a cerveja entre baixa e alta fermentação.
Quer saber mais, recorra ao Professor Google.
  

2 comentários:

  1. Tem tudo a ver ! Casal joia de turistas. Botafogo em pauta, a beerlisario e o cervejeiro Renato (polifacético), com uma explicação tão boa que nem preciso do Google, agora não.

    ResponderExcluir
  2. Excelente matéria,amei tudo . Também vou dispensar o Google Renato Sigiliano ,sua explicação foi como sempre ótima.

    ResponderExcluir

Comente este post!