sábado, 22 de abril de 2017

FINALIZANDO A VISITA DA EQUIPE DA AABB-BH

Cachoeira do Nahor, cafezinho lá em casa e vamos levá-los para a Pousada GAB.  O dia teve um ritmo intenso, pra quem viajou mais de 4 horas de BH a Beli. 
Além das suítes para casais, como alojar sete homens em apenas 4 camas de solteiro? Muito estranho isso. Abriram mão de outros quartos com camas, pois preferiam se sentir mais "próximos". Eu heim! Cada uma. O pior que tem até Major da PM nesse grupo.  

Quem chega numa pousada nem quer mais saber se tem água quente, se o vaso não está entupido... a pergunta é: qual é a senha?
A noite vai ser fechada aqui, no Bar do Isalino. Fizemos reservas.


A turma já estava lá. Cadê o Flores?
O prato era o famoso  mechidão.
Isalino é muito bom no fogão. Foram 17 anos na cozinha do Restaurante Xapuri, em BH.
Mudinho é amigo do peito. Extremamente solidário. Jantou conosco.
Aqui os clientes recebem um troféu após o jantar. 
Sábado cedo eles partiram para o jogo em Viçosa. Clésio já comentou que empataram de 3 X 3. Foi até um bom resultado, considerando-se a noitada que os sete tiveram lá no GAB.

2 comentários:

  1. Muito divertida está matéria, recheada de bom humor. Gostei

    ResponderExcluir
  2. O Cleber é 10. Atuou como um anfitrião de primeira e ainda fez todo este bem humorado trabalho jornalístico.

    ResponderExcluir

Comente este post!