segunda-feira, 3 de abril de 2017

ESSA CENA NÃO MAIS SE REPETIRÁ EM BELISÁRIO

Durante os quase 8 anos que moro aqui, Beata me entrega as correspondências que chegavam em Beli, a mim destinadas. Hoje isso se encerrou. É a última vez que recebo uma carta de suas mãos.  Todo mundo sabe que tenho severas críticas aos Correios e torço pela sua privatização, mas nada contra Beata.
Essa nossa ruptura se dará porque hoje é o seu último dia de serviço. Está se aposentando. Na verdade ela é funcionária da Prefeitura, que assume a distribuição de correspondências em nosso distrito.
Vamos em frente na vida, amiga! Posso lhe garantir que aposentadoria é muito bom. 

Tenha muitos anos saudáveis para curtir essa nova fase. Espero que o seu substituto me traga coisas mais agradáveis que você, que só me entregava contas pra pagar, multas de trânsito, intimação da polícia, notificação da Receita Federal... Cartinhas de namorada, nunca.


A foto foi tirada por "Chiquinha", defronte ao seu Mercado.

8 comentários:

  1. Nada mais gratificante do que esta sensação boa de dever cumprido. Parabéns, Berta! Abraço carinhoso, linda.

    ResponderExcluir
  2. Os dois meio-irmãos da Beata, Sebastião e João, foram meus amigos de infância. Quase todos os dias um deles me ajudava quando eu ia buscar os bezerros lá ma nossa chácara. Algumas vezes eu também ajudei o João a catar lenha no pasto. Por um certo tempo, eu e o Bastião formamos uma "famosa" dupla caipira aí na região. Lembro-me muito bem de quando a Beata nasceu. Foi o João que me disse que a irmãzinha recém-chegada ia se chamar Beatriz. Achei (e continuo achando) o nome muito bonito.

    ResponderExcluir
  3. Privatizar os Correios, porque? Uma empresa onde sua missão é ser sem fronteiras, não tem culpa se os altos cargos são ocupados por meros fantoches políticos, Acredito que seja a unica empresa publica que funcione de verdade, tem o compromisso de levar as correspondências em todo o território nacional e o faz, vá pesquisar um frete em outros concorrentes para ver a burocracia e a documentação que lhe é solicitada, os Correios precisam ser libertados das indicações politicas e colocar pessoas envolvidas na empresa, que conhece o dia-a-dia da mesma, não a privatização e sim a descomplicação, tudo que envolve politica já sabemos como termina. Eu amo os Correios e admiro seu papel em prol de todos.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns,Beata. Muitas realizações nessa nova etapa de sua vida. Você merece tudo de bom !

    ResponderExcluir
  5. Sou a favor da privatização de todas as empresas públicas. Governo não é para ser empresário,
    não sabe ser empresário, não é para concorrer com o empresariado e não dá conta direito nem do
    que é de sua responsabilidade precípua, que é administrar bem e com honestidade o patrimônio
    público e criar condições de investimentos em todas as áreas da saúde, do saber e do fazer.
    GOVERNO É UMA COISA. Os que dele participam são Servidores Públicos. EMPRESA É OUTRA. Os que
    dela participam são, de um lado, empregadores, que visam operacionalidade, rendimento e lucro;
    do outro lado os empregados, que visam boas condições de trabalho, salário justo e uma
    aposentadoria digna.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se privatizações fossem o caminho, o Brasil na época FHC deveria ser um país cheio de trabalho e renda, o que me lembro dessa época ainda menino, era da reclamação do povo, por falta de trabalho, Correios é patrimônio dos brasileiros.

      Excluir
  6. Beata querida: que a sua seja uma aposentadoria digna e você possa aproveitá-la bem e por
    muitos anos. Tenho muito boas lembranças do seu ótimo trabalho.
    Sempre recebi com gratidão a boa atenção com que você desempenhava seu trabalho. Agora tenho
    o prazer de manifestar, de público, essa gratidão. Um grande abraço, Nina.

    ResponderExcluir

Comente este post!