quinta-feira, 6 de abril de 2017

DOM JOSÉ EUDES VISITA A EEPVF

Entrar numa escola é sempre algo muito agradável. principalmente na nossa Escola Estadual Pedro Vicente de Freitas, que tem um astral alto e um belo e bem mantido jardim, professores e servidores  dedicados e alunos educados. Tudo bem que tem alguns levados e até de relacionamento mais difícil. Nada que um bom educador não consiga contornar. 
É bom ser recebido por Luis de Camões (Lisboa 1524-1580).
Willian William Shakespeare (Inglaterra 1564-1616).
"tempo é muito lento para os que esperam Muito rápido para os que tem medo. Muito longo para os que lamentam. Muito curto para os que festejam. Mas, para os que amam, o tempo é eterno.”
E o salão estava cheio para receber o Bispo Dom José Eudes, da Diocese de Leopoldina.
Uma pessoa extremamente simples e informal, D. Eudes saudou a todos, independente da religião de cada um, lembrando que o amor é mais importante do que divisões religiosas. Agradeceu a oportunidade de estar mais perto da comunidade nessa visita pastoral.
Lembrou aos alunos que a vida é sempre difícil de ser vencida e sem dedicação aos estudos a situação ainda se complica mais.
Incentiva a valorização desse espaço de escola, aos professores e servidores e respeito àqueles que convivem aqui.
Também lembrou a importância de valorização dos pais. Deu o seu exemplo pessoal de ter o privilégio de ter a sua mãe ainda viva e com ele morando, em Leopoldina. O Bispo declarou-se seguro por poder tomar bênção à sua mãe ao acordar e antes de dormir.
Em tom de brincadeira lembrou que muitos ali têm vergonha de dar um beijo no pai ou na mãe mas não têm vergonha de beijar o/a namorado/a. A turma gostou.
Lembrou a importância da honestidade, inclusive a de não dar aquela olhada na prova do colega na hora do exame. Todo mundo jurou que não faz isso. Mentir diante de um bispo será que é mais pecado?
Érika quis saber se ele era feliz como Bispo. Paulo quis saber como se vira padre. Respondeu que nunca pensou que um dia seria bispo e sente-se feliz por isso. E que para ser padre primeiramente deve haver um chamado de Deus, uma boa participação na Igreja. estar preparado para os bons e para os momentos difíceis.
Como bispo, Dom Eudes responde por 64 paróquias, em 34 municípios.
Ele e o Frei Gilberto ficaram ao lado daqueles que são detentores do Reino dos Céus.
Vá vendo nossa moçada bonita.
O Diácono Wallace,  ligado no registro de tudo. Ele está se preparando para assumir futuramente uma paróquia.
Esse é folgado.
Tainara não está dormindo.  Deu azar de piscar na hora da foto. Boa menina.
Professoras juntas e misturadas.
No encerramento, uma bênção especial para os presentes, extensiva às suas famílias.
A bênção sobre a água que será aspergida sobre todos os presentes. Vejo  um simbolismo muito bonito sobre a bênção através da água.
Os agradecimentos pela presença do Bispo e o bom comportamento da turma.
Os jovens que ficaram de pé serão crismados na missa dessa sexta-feira, com a presença do Bispo.
D. Eudes estará de volta a Belisário na Semana Santa, quando Belisário será pequeno para receber cerca de 70 padres e representantes das 64 paróquias abrangidas pela Diocese,  na Missa da Unidade, na quinta-feira. Como dito pelo Bispo, na sua entrevista já postada, esse ano foi aberta uma exceção, trazendo-se para Belisário essa celebração que sempre aconteceu na Matriz sede da Diocese, em Leopoldina.
Isso se deu como um ato de solidariedade ao Frei Gilberto que sofreu ameaça de morte pela sua luta pela preservação da natureza na região da Serra do Brigadeiro.
Todo mundo quer uma foto com o Bispo.
Inclusive eu.
Um reforço  no estômago depois de tudo isso. De anjos só têm a cara.

Uma manhã agradável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente este post!