terça-feira, 14 de março de 2017

REUNIÃO COM NILMÁRIO MIRANDA. REAÇÕES CONTRA A MINERAÇÃO


A Rua Cel Luciano Alves Pereira estava bem movimentada nessa terça.
A coisa promete ferver aqui no Grupo de Artesãos de Belisário.
Visita ilustre no Distrito. Dois  temas são colocados na faixa, adiantando a expectativa dos que irão participar: Segurança para o Frei Gilberto, depois da estúpida ameça que ele sofreu também para toda a comunidade, hoje sem policiamento.
Na entrada era feito o cadastramento de cada um. Falha  minha. Deixei de verificar quantos assinaram. Pelas cadeiras distribuídas e alguns ficaram de pé, foram mais de 200 pessoas.
E o  visitante esperado acaba de chagar. Cumprimenta o nosso Vereador Reginaldo  Roriz.
Nesse momento eram 4 vereadores de Muriaé. Os dois do centro são Davi, de Rosário da Limeira, e também Davi, de Miradouro. Ao todo 6 vereadores só nessa foto. Ao todo foram mais de 20 presentes à reunião.
Elias Muratori é o Presidente do PT de Muriaé e esteve muito envolvido na organização desse evento.
Jair Abreu, também vereador do PT.
Silvan Alves sempre presente, trocando cartão com o blogueiro que veio do Rio.
Os 3 vereadores são integrantes da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Muriaé. O da extrema direita é Agnaldo, do Centro de Referência de DH de Juiz de Fora, uma ONG.
A Escola Estadual Pedro Vicente de Freitas representada pela Vice-Diretora e alunos.
No início advertimos aos que distribuíam as cadeiras no salão que eles conheciam pouco da capacidade de mobilização aqui em Belisário, ainda mais quando o tema é mineração.A rodinha de cadeiras que eles pensavam deveria crescer. Foi o que aconteceu. E vai crescer ainda mais.
Foram várias dezenas de cidades e entidades presentes. Além dos moradores, assessores políticos de 5 deputados estaduais do PT e do Deputado Wilson Batista, do PSD.
Vereadores e militantes de diversas cidades tais como Manhuaçu, Rosário da Limeira, Miradouro, Laranjal, Viçosa, Leopoldina, Cataguases,  Também diversos sindicatos rurais e de professores, grupo LGBT-Muriaé, Pastoral da Terra-Muriaé, movimentos feministas...
Vamos ver quem estava lá. Muitos locais  e vários visitantes. 
Escola Municipal presente. No centro Thassya,  a diretora.
No segundo plano, professoras da Escola Estadual. O diretor, José Antonio,  ficou até o último momento.
Mais alunos da E. Estadual.
Bonito o bebê. Deve estar se perguntando: o que estou fazendo aqui?


Povo de Belisário.
Visitantes.
João Paulo, representando a CRESOL, como Presidente.
Ivan Lopes, o "Andarilho" de Miradouro.
Gente nossa.
Zé Calais fixou esses cartazes.
O prefeito Grego chegou. Uma foto com o nosso Vereador Lelei.


Ele tem um boa relação com o Frei Gilberto


E vai começar. 
Adorei essa paródia de uma música tradicional do sertanejo de raiz, adaptada para a demonstração de apoio ao Frei Gilberto, apresentada por Zé Maria e Gabriel, ambos da Fraternidade Franciscana. 
Agora está cheio o salão.
Uma vista de cima.
J. Paulo foi o dirigente do evento. Ele veio de Ouro Preto e coordena o MAM, um movimento que luta por participação popular ampla nas questões ligadas à mineração, na Zona da Mata Mineira.
Foi dada a oportunidade para que cada um dos presentes se apresentasse. De camisa verde o prefeito de Itamarati de Minas, Ele foi vítima de uma injustiça por ter sido vaiado após declarar que o caso não é impedir a entrada da mineradora, mas fiscalizá-la.
Com muita habilidade o Prefeito Grego se pronunciou, logo a seguir, em sua defesa, informando que ele tem se posicionado contra a mineração, mas que recebeu a prefeitura já com a CBA  em operação, há vários anos, com graves danos ao município, após a sua  saída, pelos prejuízos deixados para trás. Nessa mesma linha lembrou que um prefeito pode ter de receber decisões "goela abaixo", por parte do Poder Judiciário, liberando a exploração de minério.
Também pediu ao Secretário Nilmário que levasse para o governador, como o encaminhamento concreto desse encontro a reabertura do destacamento de PM aqui em Belisário, já que essa decisão acontece no nível do chefe do executivo estadual.
Com a mesma habilidade o Frei Gilberto pediu desculpas ao prefeito de Itamarati, pelo mal entendido e declarou que tem confiança de que aqui ela não vai entrar. Pediu que os presentes o aplaudisse, declarando que ele está do mesmo lado.
Eduardo, Presidente do Sindicato  dos Trabalhadores Rurais-Muriaé, denunciou que produtores rurais vinham sendo chamados a preencher supostos cadastros, mas que no verso assinavam termos de anuência  para exploração de minério em suas terras. Recomendou que esses preenchimentos fossem suspensos.
Pavão é conhecido pela forma veemente com que luta na defesa da terra, das nascentes e da produção orgânica. E não é apenas teórico.

O Professor João Francisco é Chefe de Gabinete do Prefeito de Muriaé. Ele relatou a sua participação como professor aqui em Belisário, na década de 90, quando comandou um catalogamento das riquezas naturais do bioma Serra do Brigadeiro, junto com seus alunos. Quer respeito com a região.
Frei Gilberto Lembrou a sua ótima relação histórica com o Secretário Nilmário Miranda, reforçou  a sua posição contrária a qualquer atividade mineradora nessa região, pelo comprometimento que isso causa à natureza e a fé de que isso jamais acontecerá.


O Professor lucas, do IEF-Muriaé apresentou no power point um resumo da sua tese de doutorado, 


Um relato histórico de como vem se desenvolvendo o conflito entre comunidades e a mineradora, na Serra do Brigadeiro.
Começa em 1980, quando a CBA iniciou pesquisas minerais na região, entre S. João de Nepomuceno e Fervedouro. Vê-se que em 1987 ela começou a extração em Itamarati  de Minas.
Uma evolução dos movimentos sociais surgidos em represália à expansão da companhia.
As áreas exploradas e pretendidas.
Diversos encontros havidos  desses movimentos, inclusive com a CBA
Entidades que participam desse movimento de luta.
Zé Calais sempre aguerrido defensor das águas produzidas na nossa região que, segundo ele, são  afetadas com as atividades mineradoras.
O Secretário Nilmário Miranda se declarou surpreso com o que aqui viu. Esperava um encontro apenas com a comunidade de Belisário, e não esperava uma presença tão maciça de cidades e grupos sociais.
Informou que sua Secretaria tem hoje 60 pessoas sob a proteção do Estado, por estarem sendo também ameaçadas pelo trabalho que desenvolvem, assim como o Frei Gilberto, e que essa proteção tem apresentado um saldo muito positivo. Lembra o caráter combativo do Frei, que poderia optar por outra igreja, caso assim o desejasse, mas que decidiu que aqui continuará lutando. Vendo o carinho que o povo daqui tem pelo Frei  entendeu que é aqui mesmo o seu lugar. Segundo o Secretário a CBA tentou um encontro com ele antes dele aqui chegar, mas que optou por falar primeiramente com a comunidade. Também o governador não atendeu a um pedido de agendamento de reunião às pressas, pela mesma companhia, optando por aguardar o seu retorno à capital.
Cumprimentou a todos por essa mobilização conclamando a que ela seja estendida a outras propostas de mudanças que estão sendo apresentadas pelo Governo Federal, nefastas, no seu entendimento.
Informou que o ex-presidente Lula o pediu que ele se mantenha ligado ao caso de proteção ao Frei Gilberto.
Finalmente declarou que o assunto se mostra complexo, não sendo o caso de agendamento simples de um encontro entre as partes, como geralmente acontece. A CBA, segundo Nilmário, terá, antes de tudo, de provar que o que aqui foi denunciado não é verdade.


Deu para você sentir a consistência da reunião, não é? 

5 comentários:

  1. Bela Matéria Cléber. Quero aqui ressaltar a falta de sensibilidade por parte dos organizadores por não dar oportunidade aos vereadores de Muriaé, efetivos na comissão de direitos humanos da Câmara, que lá estiveram para prestarem apoio ao Frei Gilberto e levarem encaminhamentos concretos ao Secretário Nilmário Miranda. Inclusive isso foi exposto em tribuna pelo vereador Reginaldo Roriz, membro dessa comissão, na reunião de ontem (14/03). Quero dizer ainda que o comportamento para com o prefeito de Itamarati não condiz com a educação do nosso povo, haja vista que foi incitado por um grupo de pessoas de fora. Mas dentre tantos outros erros, prefiro destacar que, apesar das manifestações partidárias inoportunas, alegro-me e deposito em Deus minhas orações pela vida do nosso Querido Frei Gilberto!

    Bruno Martins

    ResponderExcluir
  2. Muito válida e oportuna a participação de toda a comunidade belisarense, assim como demais integrantes de movimentos de outros municípios vizinhos. Creio ser esta a hora de mobilizarmos mais e mais entidades para que acolham esta causa - a não entrada da mineradora em nossa serra. Precisamos de dados te[oricos, técnicos, para tanto agradecemos de anti mão todos aqueles que puderem ajudar.

    ResponderExcluir
  3. Eu observei que o fatídico acontecimento , tornou um tanto quanto " PÊTELISMO" demais , estive presente e não observei levantamentos importantes por parte das " autoridades" que vieram de tão longe . Parabenizo já Frei Gilberto pelo trabalho que desenvolve por Belisário e região .

    Mas não é de "COMPANHEIRADA" que precisamos neste momento, tampouco que peguem carona na triste ameaça sofrida pelo Religioso.

    As vaias não poderiam partir de Belisarenses , pois sei que são bem educados e boa criação não os faltou.

    Parabéns pela cobertura dos acontecimentos de Belisário Cléber .

    Carlos

    ResponderExcluir
  4. Não gostaria de trazer discussões partidárias no blog de nosso amigo Cleber, más vale um relato. Conheço Nilmario Miranda e sua família desde 1987, quando trabalhei com seu irmão no antigo Banco Nacional em BH, o PT estava começando a crescer e seu irmão militava no partido e me convidava a participar, más tinha muito receio por causa das sombras do comunismo, más via no PT uma esperança de uma política diferente dá que já estava acostumado. Infelizmente o PT se igualou aos outros partidos ou até pior. Agora Nilmario falar que o 'companheiro' lula tá preocupado com a situação do Frei Gilberto é o fim dá picada.

    ResponderExcluir
  5. Lastimável acontecimento com o nosso tão querido Frei Gilberto , um religioso que trata as questões que envolvem a natureza ,seres humanos,região da qual retiramos nosso alimento, nossa água pura da serra com tanto zelo. Temos que ter cuidado com o oportunismo, mentiras ,como o dito em nome do Lula.Velha Raposa .Nós e o mundo sabemos como age o PT . Apoio ao Frei não a corruptos.

    ResponderExcluir

Comente este post!