quarta-feira, 1 de março de 2017

PRA MUDAR DE CONVERSA

Ainda voltando na sexta, ou sábado, nem sei. Demos um giro de carro com o amigo Odilon. Uma paradinha para visitar o amigo Zezinho do Lincoln, ao meu lado. Ele sofreu um acidente que deu um susto em todos. Ao rachar lenha foi atingido no olho, que infeccionou.
Perdeu a vista. mas o restabelecimento está muito bom e ele muito tranquilo.
Uma passadinha no Atelier do Moreira.
Com direito a visita à oficina.
De lá fomos para a Cachoeira do Nahor.
Ele gosta muito de peixe e assim fui no lago, no fundo do meu quintal, para pescar algum.
Em pouco tempo tirei esse surubim. 

Pequeno, mas vai dar pra nós.

Ficou maravilhosamente bom com queijo, palmito, pimentão, abobrinha...
E recebemos também o primo Marcus Campos para degustá-lo, à noite.
E a vida volta à rotina EMBELISARIO. Até quando? Não sei.

Um comentário:

  1. Primeiro, Zezinho do Lincoln. Soube do acidente ontem, por Tavinho que esteve aqui em casa com CIRLENE, a irmã dela, Suely e as crianças. Vieram trabalhar com o cunhado nos dias (noites) de carnaval. Oxalá Zezinho recupere a visão. Se não, fazer o que? É pensar que um dia vamos perder a vida também e conformar-se. Ainda bem que Mariza e a família dele são ótimos. Se precisar fazer algum exame ou tratamento aqui no Rio, o pouso aqui em casa está garantido, vocês sabem.
    Segundo: surubi, será mesmo daquele seu lago? Enfim, cala-te boca, que tem visita... Depois daquele cafezinho gostoso, Marcus apresentou algo do seu repertório? E, para encurtar, Cléber, se há alguém que não pode nem soletrar "rotina" é você, para gaudio dos seus internautas...

    ResponderExcluir

Comente este post!