domingo, 12 de março de 2017

A SEGUNDA NOITE DA CARAVANA DE FOOD TRUCKS EM MURIAÉ

No meu alvará de soltura consta duas saídas no fim de semana. Um acompanhado pela patroa e mais  um acompanhado de pessoa idônea.
Na sexta Mirian me acompanhou. E agora? Quero queimar a segunda saída no mesmo evento? Domingo terá  KOMBEERLISARIO, sábado ela não estará lá. Mas sábado tem OURO DE MINAS e domingo não.  Venceu a banda. Chupa Renato Sigiliano!
Na falta de uma pessoa integralmente idônea, Mateus Balbino foi me acompanhando. Olha que beleza de luar!
E já estamos lá, procurando destacar famílias e crianças nessa festa super família, como falei na matéria anterior.
Já com bastante gente, mas o grupo vai crescer ao longo da matéria.
Heloísa Campos presente, com o também amigo Renato Galluzzi.
Zezé, Kely e Flávia Neves, Diretora Geral da FUNDARTE.
Ainda na mesa ...
Aproveito pra tirar uma casquinha em Zezé. Como é prima da patroa...
Aí o motivo de ter aberto mão de tomar uma cerveja D. Nina, na KOMBEERLISARIO, no domingo. O grupo Ouro de Minas realmente faz jus ao nome. Prá mim o melhor repertório da região, além de Poliana e os irmãos,  Edmilson e Josué Elpes, serem pessoas de altíssimo astral.
Uma passada pelo Deck Salada Grill, que deitou e rolou com esse evento, aumentando o seu faturamento nesses três dias. Aliás, imagino que se esses restaurantes e bares no entorno se mobilizassem junto à FUNDARTE para a realização de eventos como esse, com maior frequência, todos sairiam ganhando. Não sei se é o caso, mas tenho presenciado muitos outros em que comerciantes têm o estilo "venha a nós". Receita comigo, despesas com o poder público.
Outro ponto a destacar. Veja esse cara com sacos de lixo nas mãos!
Um figuraço. Cata as suas latinhas usando um sistema de microfone preso na boca, com som amplificado, fazendo interação com a turma da festa. Vou convidá-lo pra vir catar latas nas festas de Belisário, onde ninguém precisa de dinheiro. Caramba! Hoje estou ácido.
Mateus encontrou sua ex-professora, Julian Crespo. Ela deu a ele uma dica legal de uma pós graduação que vai abrir, na área de farmácia. É isso: colocar a cara pra fora da toca faz a pessoa saber o que rola lá fora.
Essa figurinha agitou a noite toda. 

Os pais são pessoas queridas. Zé Eugênio é filho de Zé Ramos e Glorinha, pessoas ligadas a Mirian desde a sua infância.

Joancélio, do CDL e JEAN JÓIAS, sempre gentil para com Belisário, ofereceu expontaneamente um brinde para a Cavalgada, como faz todo ano.
Mais gente fina. Elise dá um grande duro para que tudo corra bem nas promoções da FUNDARTE.
E por falar em FUNDARTE, em nome dela Alexandre  agradece a presença e anuncia OURO DE MINAS.

Pouco antes do show alguém me disse que não sabia se Poliana viria, já que está perto de ganhar nenen. Nada disso: o bebê que esperou nove meses pra sair pode esperar mais uns dias.
Flávia registra gravando a primeira música.
Joancélio me apresenta o filho e nora. Além de comercializar motos, ele participa de um grupo de colecionadores de carros antigos. Não fosse a estrada de terra a gente iria tentar trazê-los aqui.
Belisário presente. Elivânia é neta de D. Elvira. O filho é o Arthur.
Sueli é minha fada madrinha lá na Prefeitura, na defesa dos interesses do GAB. Agora está na área de licitação.
Andréa Handrews e Márcio. 
Mas essas fotos foram tiradas antes de começar o show. Procurei não perder uma música sequer. Poliana ofereceu uma das músicas para esses seus alunos de Psicologia na FAMINAS.
A turma do gargarejo segue cantando junto com  Poliana e Edmilson. 
No centro Romário, de Belisário, com a sua galera.

Vou mostrando as crianças animando a festa, mas nenhuma delas superou Marina, que apesar de chacoalhada na barriga da mãe o tempo todo, nada reclamou.
Lindo casarão do Arquivo Histórico Municipal.
Elise e sua turma da FUNDARTE.  São aqueles que trabalham enquanto a gente se diverte.
Vá vendo a meninada.
Pensei que fossem mãe e filha. 
Família na praça.
Mais família bonita.
Dr. Gustavo me perguntou se lá no Rio D. Nina vem se cuidando na alimentação e nos exercícios físicos. Menti para ele. Falei que sim.
Adalton da Caixa tá na área. Essa não é netinha. Ele acabou de ganhar  o primeiro neto. Na verdade, a primeira neta: Maria Rosa. Domingo ele se apresenta nesse palco.
Agora já está lotada a praça. Difícil de transitar e de comer. 
Renato e Mariléa de folga já que a KOMBEERLISARIO não veio hoje. Estava  na programação sexta e domingo.
Agora entra em cena um casal amigo de Renato, lá do Rio.
Tava difícil conseguir comer nos trucks. Muita gente. Aproveitamos a parada da banda e fomos numa lanchonete próxima, para encarar um cachorrão  de porco. 
Apareceu a mãe daquela criança. É Flávia.
E a meninada continua animada.
Essa deu um show de samba no pé.
Belisário em massa. Pelo visto quase a metade do distrito estava aqui. 
Agora a praça lotou de vez. OURO DE MINAS  não consegue parar o show. Mais uma!

Com o netinho no colo o casal cantava junto com a banda. O repertório ia de Clube da Esquina, clássicos da MPB baiana, Marina Lima, carnaval e muito samba.
A amiga Andréa Handrews e sua turma. 
Aqui é GALO! Dr. Cláudio Leandro bateu no meu ombro para declarar isso.  E também pra declarar que acompanha EMBELISARIO aqui de Muriaé. Chupa Silvan!

Última foto com essas feras. Tinha gente quase lá no trevo de Itamuri.

Que festa! Que show! Que noite!

5 comentários:

  1. Tive grande prazer em encontrar-lhe no evento Sr Cléber.Saudacoes atleticanas!!!! Cláudio Leandro.

    ResponderExcluir
  2. Está badalando muito Sr. Cléber ! Mas faz a gente se divertir também. Vi aqui no seu blog tanta gente amiga ou que conheço, viva a internet e os aficionados.
    Foi muito bom ver o meu querido geriatra e amigo, o Dr. Gustavo Aquino. Está com uma figura impecável, cada vez mais jovem. Aqui no Rio faço hidroginástica de manhã e, à tarde, computação. Estou bem, penso ir ai para a Cavalgada do Agricultor em Belisário dia 30 de abril.
    Espero encontrar os amigos.

    ResponderExcluir
  3. Dona Nina, aproveito os fiéis relatos do primo Cleber para dizer que a nossa Bohemian Pilsener que leva o seu nome é um sucesso absoluto. Muita, mas muita gente mesmo, pergunta pela senhora ao beber a Dona Nina. Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Quanta honra sermos registrados assim por você, Cléber! Muito obrigado pela presença, carinho e apoio de sempre! Vida longa!

    ResponderExcluir
  5. Cleber você sempre arrasando nas coberturas, senti falta da prima Miriam no Food Truck, ela que gosta de receber e preparar tantas delícias nessa cozinha fantástica ai em Beli rsrsrs. Agora, só para reforçar minha admiração, apreço que tenho por você e seu blog vou repetir o que sempre falo. Adooro o jeito como vê as pessoas, coisas, lugares e conta sobre elas, com detalhes ricos, significativos. Seu olhar é único, sua energia, alegria, forma como aborda é muito prazerosa. Enfim, parabéns pela cobertura, lugares e pessoas bacanas que conhecemos através de você!

    ResponderExcluir

Comente este post!