quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

CANTANDO COM ADONIRAM BARBOSA



Se voceis pensam que nóis fumos embora
Nóis enganemos voceis

Fingimos que fumos e vortemos 
Ói nóis aqui traveis
Nóis tava indo
Tava quase lá
E arresorvemo
Vortemos prá cá
E agora, nóis vai ficar fregueis
Ói nóis aqui traveis

D. Nina já me ligou cobrando postagens, Alguns também estão abrindo EMBELISARIO em vão. Mas posso explicar, embora não há lei que me obrigue a isso, afinal, eu posto na hora que quero. 
Estou na fase de adaptação com internet VIVO. Tudo indicava que iria dar para o mês, mas muitas visitas e uma virada de noite com André mandando, inadvertidamente, fotos para as nuvens, zerou meus gigas antes de fechar o tempo. 
Hoje retornou. E como consequência, veja as fotos abaixo. Mirian e eu até achamos bom. Luisa e Léo puderam brincar mais sem, a maldita abençoada rede.

Vamos retomar a partir de domingo, às 10:30 horas. André tem voo marcado para Salvador às 17:45 h. Fomos levá-los ao Galeão.
É claro que essa partida não agrada a ninguém.
Sem sorrisos.
#Partiu Rio de Janeiro.
Estrada tranquila, embora a Serra começou  a ficar movimentada, a partir de Teresópolis, mas pra descer todo santo ajuda, né? Nesse caso, dá pra parar pra almoçar.
A gente faz isso no restaurante com mirante, logo depois do trevo da cidade
Bem debaixo  da Serra dos Órgãos e do Dedo de Deus.
Daqui a pouco a gente passa por lá.
Chegamos lá na hora pretendida. Parando pra almoçar, são 5:30 h de Beli ao Galeão. Nem fotografei a entrada deles no Aeroporto para o adeus. A figura daqueles guardas municipais ávidos pra multarem o pobre do contribuinte me assusta, naquela área.
Com o coração muito apertado fomos fazer uma visita no Hospital de Saracuruna, na Baixada Fluminense, onde se encontra internado o nosso querido Rogerinho Mota. Ele descia de moto, há cerca de 4  dias atrás, com seu pai Rogério levando alguns de seus móveis para um apartamento recém alugado no Rio, onde ele começou a trabalhar. Já na Baixada, Rogerinho caiu da moto e foi atendido pelo pai, que viajava perto, com a esposa Naiara.
No Face de Naiara pegamos essa foto. Ontem eles fizeram 1 semana de casados.
Nas primeiras horas após o atendimento, as notícias eram desanimadoras. Após orações e demonstrações de solidariedade por parte de muitos,  as notícias já são bem mais favoráveis. Ele é um cara muito querido aqui e queremos tê-lo de volta ao nosso convívio.


Mas vamos à luta, revigorados pelo belíssimo texto de Paulo escrevendo aos corintios, na sua segunda carta, capítulo 6, pra mim uma dos mais belos da Bíblia:
9. como desconhecidos e, entretanto, bem conhecidos; como se estivéssemos morrendo e, contudo, eis que vivemos; como castigados, porém não mortos; 10. entristecidos, mas sempre alegres; pobres, mas enriquecendo a muitos; nada tendo, mas possuindo tudo.

Saímos de lá já caindo a noite e tínhamos uma parada programada, no km 22 da Rodovia Teresópolis-Além Paraíba, num sítio em Aparecida de Sapucaia. Um bonito templo, mas não consegui informações a respeito dele.
Sempre falo que amigo é coisa pra se preservar, com canta Milton Nascimento. Fui me encontrar com amigo Pedrinho, colega no curso de Engenharia. Esse ano comemoraremos  40 anos de formatura. Eu era assim:
Pedro Elísio está agachado na foto.
Acabamos  de chegar e fomos pra Além Paraíba, onde vivi intensamente entre os 7 e 12 anos. Viemos pra essa pizzaria. Uma cena triste. As mesas ficam sobre a linha férrea, recentemente desativada. Aqui literalmente a ferrovia acabou em pizza.
Pela manhã mais uma passada na vila, pra fotografar o templo.
Esse casarão deve ter história. Como disse, não achei nada no Google e as pessoas consultadas por lá, nada sabiam.
Pedro virou um ermitão, sem ter se casado. Vive curtindo e ajudando as famílias no entorno de sua propriedade e de seu caseiro. Uma alma boa.


Já que voltei no tempo, veja a minha namorada naquela época, que gata.

Encerramos pedindo que você entre na roda com a gente, intercedendo nas orações por Rogerinho.

Um comentário:

  1. Muito triste saber que Rogerinho está internado. Gostaria de ter o cel. do Rogério (pai) pra ver se posso ajudar em algo. Meus primos devem estar saindo de avião para uma semana em Curitiba onde têm amigos, colegas de Faculdade creio. De vez em quando vão lá. Ontem, quando soube do Rogerinho, pelo Cléber, tinha esperança de ir lá hoje, no hospital que fica longe de onde moro. Estou tentando conseguir falar com Rogério.
    Na foto de mocinho você está um "galã", hein? Não é só a namorada... E, hoje, depois de muitas andanças e vivências, Vocês já avós de quatro netões, continuam lindos ! Acertei na mosca?
    Que bom que teremos de novo notícias de Belisário. Nada de pãodurismo, hein, doutor. O que disse o evangelho não é só pra passar adiante não, viu? São Paulo X Corintians, né... e hoje é feriado deles, vamos desejar o melhor para o grande Estado.

    ResponderExcluir

Comente este post!