quarta-feira, 30 de novembro de 2016

VAN HARTEWELKOM

BELISÁRIO E HOLANDA, 2 PAÍSES AMIGOS é o que diz o cartaz abaixo. Ele foi confeccionado por Alexon.
E qual é o motivo disso? Esses dois holandeses são a resposta. Eles são Karel, de óculos e a seu tio Tom Kalvers. Com alguma frequência vêm em Muriaé e dessa vez também vieram em Belisário.
Foram trazidos pelo primo Renato Sigiliano. Também fazendo parte da equipe o Dr. Francisco Rocha, advogado em Muriaé.
O motivo dessa vinda frequente de ambos a Muriaé é muito nobre. Quem é da região conhece o belo projeto do falecido Padre Tiago, natural da Holanda, que criou um projeto de construção de casas para famílias carentes, projeto esse que já beneficiou mais de 700 famílias.
Tom era amigo do Padre Tiago e tem sido, desde o início, o grande apoiador desse projeto. Ele adquire o terreno e uma comissão, para a qual o Dr. Francisco presta assessoria jurídica, cadastra e seleciona as famílias e com elas passam a construir as casas, através de mutirão. Empresários, comerciantes e pessoas físicas ajudam nessa empreitada, com mão de obra ou material de construção.
Quando as casas vão ser entregues, a dupla retorna a Muriaé e Tom adquire outro terreno e faz nova doação. 
Coisa de gente do bem. Pessoas capazes de mudar o mundo.
Um suco de abacaxi com hortelã. Eles são apresentados ao hortelã.
Em Minas se come uma comida mineira. Se preparada por Mirian, melhor ainda.
A toalha veio da Holanda, presente da amiga Bebeth, de Salvador. A holandesa que enfeita a mesa é presente da amiga Nina. 
Bebeth é mãe do meu genro Tiago e de Mila, que mora com Bob em Amsterdã, de onde acompanha o nosso blog com bastante frequência. Mila mandou pelo zap  a frase do cartaz.
Os doces são da terra.

Renato preparou o roteiro. Eles não podem deixar de conhecer a Cachoeira do Nahor.
 
Estava com um médio nível de água. Ontem, terça, aconteceu uma chuva muitíssimo  forte e estamos já há várias horas recebendo uma chuva fina. A cachoeira deve estar linda. O Rio Fumaça está fora do leito.
Pessoas pró ativas são diferentes. Tom tem 82 anos mas é super ágil. Logo vai abrir a porteira.

Outro ponto a visitar: a casa do casal José  e Maria Elza Carneiro.
Todos os receberam com muito carinho.
Estava bem quente. Debaixo de uma sombra é melhor  para conversar.
D. Maria Elza quer que eu fotografe esse mandacaru à noite, quando está todo aberto.

Mandacaru, quando flora lá na seca 
É o sinal que a chuva chega no sertão 

Toda menina que enjoa da boneca 
É sinal que o amor já chegou no coração 
Meia comprida, não quer mais sapato baixo 
Vestido bem cintado não quer mais vestir gibão (Luiz Gonzaga)
Sempre vale a pena mostrar a casa nova.
A bica na nascente reflorestada é uma referência e muito útil para as pessoas e animais que por aqui passam.,
Algumas até tomam banho.
Foi isso. Uma visita interessante e já estão de partida. Ainda irão ao Pontão e têm a tal reunião comunitária à noite.

É sempre bom poder mostrar gratidão às pessoas que pregam o amor e vivem a riqueza do Evangelho. Ainda mais aquelas que atravessam o seu continente para serem bênçãos na vida de um desvalido.

9 comentários:

  1. obrigado novamente pela recepção calorosa por você! nós definitivamente sentimos bem-vindos! Graças para a viagem para a cachoeira eo projeto de água e certamente não menos importante para o excelente almoço! Uma vez que eu estou de volta na Holanda eu vou traduzir o seu vlog com Traduz Google. cordial saudação também Ton Charles

    Karel Kalkers.
    P. S. Espero Traduz Google traduzir a minha mensagem bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoi Karel. Ik kan je helpen met de vertaling als het nodig is! Ik ben Mila (mijn broer is getrouwd met de dochter van Cleber ). Grts

      Excluir
  2. Muito obrigado aos queridos primos Mirian e Cleber por ter nos proporcionado mais este dia memorável em Belisário. Tom e Karel demonstraram ter gostado muito.

    Renato Sigiliano

    ResponderExcluir
  3. Que beleza Renato. Parabéns pelo seu trabalho. Meus cumprimentos e agradecimentos aos holandeses Tom e Karel pelo grande e valioso APOIO. E também ao Dr. Francisco e Da. Nina. Que Polo Turístico Muriaé pode ser com tanta beleza natural que tem. No que puder ser útil, estou às ordens. Um abraço a todos.

    ResponderExcluir
  4. Que beleza Renato. Parabéns pelo seu trabalho. Meus cumprimentos e agradecimentos aos holandeses Tom e Karel pelo grande e valioso APOIO. E também ao Dr. Francisco e Da. Nina. Que Polo Turístico Muriaé pode ser com tanta beleza natural que tem. No que puder ser útil, estou às ordens. Um abraço a todos.

    ResponderExcluir
  5. Então, novamente os holandeses se aproximam do Brasil. Desta vez Karel e Tom, intermediados pelo nosso belisariense honorário, Renato Sigiliano, chegam até Belisário e são recepcionados diplomaticamente pelo casal Cléber e Mirian.
    Nossa afinidade com a Holanda, cuja capital é o grande e movimentado porto de Amsterdã, também sede do Reino dos Paises Baixos, vem dos tempos da colônia, quando se iniciou a indústria açucareira em Pernambuco. Esse porto era o destino de parte da produção que se distribuía depois pela Europa Central. Logo em seguida, esse comércio passou a incluir também couro, tabaco, algodão, ouro e prata, atraindo para nossas mal guarnecidas costas embarcações piratas de várias procedências europeias gerando muitos conflitos. Pernambuco rivalizava com a Bahia na produção e no comércio exportador e por volta do ano de 1630 até l637 , ai instalou-se o que a História chama de Brasil-Holandês. Dai em diante, muita coisa tem acontecido, como a Copa do Mundo de Futebol no Brasil, em 2014, quando a chamada "LARANJA" , seleção da Holanda conquistou inúmeros simpatizantes Brasil afora e era forte candidata à conquista da Taça.

    ResponderExcluir
  6. E complementando os sempre oportunos comentários da D. Nina, aproveito para informar que a Holanda é o segundo país maior comprador de ferro-gusa do Brasil, com 286.697 toneladas adquiridas em 2015 e previsão de 320.000 para este ano. Também eu me lembro muito bem do lindo futebol apresentado pela seleção LARANJA na Copa de 1974. A imprensa esportiva apelidou-a de Carrossel Holandês. Toda a equipe atacava em conjunto e recuava em conjunto. A maior estrela da equipe era Hendrik Johannes Cruijff, recentemente falecido. Falava 5 ou 6 idiomas e era considerado o futebolista mais culto do mundo. Infelizmente a Holanda só foi vice-campeã em 1974, derrotada na final pela anfitriã Alemanha. E reforçando os laços Belisário - Países Baixos, aproveito para lembrar que 1960, recebemos em nossa casa a agradável visita de meu amigo Pe. Marinus van de Ven que encantou os belisarienses numa animada partida de futebol.

    ResponderExcluir
  7. Que matéria linda, Parabéns ao administrador e é sempre muito agradável ter o privilégio de vê Renato Sigiliano sempre presente nos eventos de Belisário.

    ResponderExcluir

Comente este post!