quinta-feira, 3 de novembro de 2016

PEDALANDO PELO PARQUE ESTADUAL

Em matéria anterior apresentei pra você o casal Dudu e Amélia, que chegaram em Beli sábado.
Falei que eles viriam dar um giro de 3 dias pela Serra do Brigadeiro.
Junto com eles também apresentei Marcos Barros,da ABRIGA-Associação do Circuito Turístico  Serra do Brigadeiro. Eles vieram  estabelecer uma rota de ciclismo na Serra,  partindo de Belisário e retornando em Belisário.
E lá vão eles
A nossa Matriz de S. Antônio também foi marcada.
                                     
Marcos vai de carro, para dar suporte nas marcações.
Não sei definir cada ponto desses. Dudu me mandou as fotos pelo zap. Marcos combinou alimentação e pouso antecipadamente. Aqui em Belisário pousaram no GAB.
Durante o percurso, foram marcando os pontos de interesse, como cachoeiras, bares, restaurantes, pousadas, edificações históricas, igrejas...
No domingo, saíram daqui na direção de Serrania, Monte Alverne, B. Jesus do Madeiro, S. Pedro do Glória, Samambaia, Carangolinha de Cima e chegaram em Pedra Bonita. Pedalaram por 83 km em 10 horas. Descontando as paradas, a velocidade média foi de 11,5 km/h.
Para quem não conhece, esse é o famoso jacu. Temos aqui em nosso quintal, porém muito arisco.
Na segunda-feira, não necessariamente nessa foto, partiram de Pedra Bonita para Sericita e depois Araponga. Passaram até na Vila dos Pereiras, que não está marcada em qualquer mapa.

Na terça-feira saíram cedo da Araponga e pegaram a direção de Ervália, passando por D. Viçoso, Careço, S. Antônio do Ventania, Rosário da Limeira e chegaram em Belisário por volta das 17 horas.
Repito que as fotos não estão em ordem cronológica.
Esse trecho é do último dia, indo para Rosário da Limeira.
No final foram 230 km pedalando, com registro de mais de 6 mil metros de subidas. É que o aparelho mede cada subida e vai somando. Marcaram 60 pontos de interesse.
Já em Belisário, foram nossos convidados para um lanche. Lembra que prometi um jantar? Mas eles estão com pressa de retornar para Muriaé.
Coisas da terra, menos o adoçante, que ainda não é produzido aqui.

Explicaram que tudo isso agora será  estruturado, catalogado e a rota será montada, com todas as informações e localização de cada ponto pelo GPS.
A nossa expectativa é a de que esse trabalho atraia ciclistas para repetirem percurso, com toda a segurança, a partir dessas informações, após sistematizadas.

Sobre o programa Amélia teceu o seguinte comentário no blog:


"Foi fantástico, amigo! A região do Brigadeiro é fantástica! Conhecemos cidades, distritos, povoados, culturas novas, gente simples que encanta, que acolhe. Foi um mergulho em outro mundo e uma vontade imensa de voltar lá e fazer tudo novamente. Espero que muitas pessoas tenham a oportunidade de sentir o que presenciamos. Foi um trabalho árduo e muito gratificante! Abraços."

11 comentários:

  1. Parabéns ao casal "olímpico" ! Ótima matéria e instrutiva porque nós que somos dai não fizemos ainda esse belo percurso, mesmo que de carro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nina, obrigada! Vale à pena ir de bike, cavalo, a pé, quadriciclo, carro etc. O importante é ir!!

      Excluir
    2. Nina, obrigada! Vale à pena ir de bike, cavalo, a pé, quadriciclo, carro etc. O importante é ir!!

      Excluir
  2. Sou fã desse pessoal que troca o sedentarismo em frente uma TV pelo saudável turismo de aventuras. Em seu breve comentário, a Amélia se revela uma pessoa de fina sensibilidade. Parabéns ao jovem casal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dárcio, grata pelas palavras! Qualquer frase que eu mencione sobre o que vivenciamos, sentimos, é pouco para expressar! Quero repetir o feito com um contato maior com cada comunidade visitada.

      Excluir
  3. Na próxima irei sem falta. Não pude acompanhar(segurar vela) meus amigos devido ao trabalho. Mas já fizemos muitas viagens juntos e a Amélia e o Dudu são pessoas muito bacanas mesmo, de uma sensibilidade incomparável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, você fez falta! Na próxima estaremos juntos! Amigo que diverte e fala pelos cotovelos!rsrsrs

      Excluir
    2. Amigo, você fez falta! Na próxima estaremos juntos! Amigo que diverte e fala pelos cotovelos!rsrsrs

      Excluir
  4. Amigo Cleber, muito bacana esta iniciativa deste casal, que fomenta o turismo em Beli !!!
    Como já te disse, o que, por exemplo, que Visconde de Mauá/RJ, Ibitipoca/MG,etc, tem que Beli não tem ?
    O lugar é lindo, o povo é espetacular e tem belezas naturais incríveis.
    O que falta, ao meu ver, são iniciativas como esta....Que bom que elas estão se multiplicando nos últimos tempos...

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela iniciativa.
    O HDR deixou as fotos espetaculares.

    ResponderExcluir

Comente este post!