domingo, 20 de novembro de 2016

DOMINGO TAMBÉM DE BIKE EM BELISARIO

Sábado Passeio Ciclístico com a nossa garotada. Domingo passou por aqui uma turma de ciclistas vindo de Muriaé. Veja aí o banner.

Ontem Dudu nos avisou da programação e ficamos de sobreaviso para recebê-los. Saíram de Muriaé, pegaram a estrada Itamuri-Belisário pela Capetinga e aqui chegaram entre 8 e 9 horas. Nem registrei isso.
Fui lá na serra esperá-los.

Para não ficar parado na beira da estrada, sozinho, levei um segurança. O amigo Guina.
E sua filha Betânia estava a caminho, com o marido.
A galera não refresca. Desce na maior disparada.
Alguns param.
E o casal Dudu e Amélia novamente conosco.
Vamos atrás deles.
Passou um maluco logo na frente, a uns 100 km/h. Aqui em Beli descobri que se tratava do amigo  Tyerre, que parou na casa de Tia Maria pra filar um café.
Vão chegando aos poucos.
E o casal pode fazer um chamego em Guina e Marlene. Fizeram daqui uma base de apoio.
Vamos aguardar a chegada de todos.
Conheci Luiz, funcionário da Petrobras e Gestor Ambiental. É sócio de Dudu naquela fábrica de lubrificante de bicicleta lá em Muriaé, que mostramos em matéria recente. Gente muito fina.
E vamos registrar isso
Um pouco mais perto.
Daqui, como consta do banner lá em cima, eles partiram para a Cachoeira do Nahor. As fotos seguintes foram mandadas por Dudu. Não estão em sequência. Essa, por exemplo, é do pé da descida do Sr. Roldão, pelo menos me parece.
Dudu está registrando todas os templos religiosos da Serra do Brigadeiro.

Entrando em Beli.
Chegando na Cachoeira do Nahor.

Tá bonita. Muitos não a conheciam.
Eles retornaram para Beli e tomaram a direção de São Domingos, e depois para o Sítio Verde Aventura, onde Eliab Clemente os esperava.
A Verde Aventura programou um lanche com coisas da região.
Doces, rapaduras, mel...
Aqui tem uma estrutura de turismo, com locação de caiaques e quadriciclos, bike...

De lá retornaram para Muriaé, sempre evitando o asfalto. Segundo Dudu, os que não conheciam a região gostaram muito. 

Precisamos ter essa gente sempre conosco.

8 comentários:

  1. Seu Cléber, ainda bem que portava só uma câmera, se fosse um radar móvel eu teria tomado multa por excesso de velocidade... Kkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Muito bom Cléber!
    Sempre com uma linguagem prática e comunicativa!
    Excelente!
    Uma região com uma aptidão ao ecoturismo merece ser notícia sempre!
    Excelente trabalho de divulgação!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Muito bacana a cobertura Cléber, obrigado por citar nosso trabalho neste tão conhecido blog. Abraços a todos.

    ResponderExcluir
  4. O quintal de nossas casas e esplêndido grande pedal

    ResponderExcluir
  5. Caramba! Isso é que é viver!
    Ah se eu pudesse!!!

    ResponderExcluir
  6. Excelente! Pedalar por lugares dantes desvendados por tropeiros igualmente corajosos... e sem nenhum registro como este, nem em fotos preto e branco. Parabéns, Cléber, adoramos aqui no Rio sua matéria cobrindo tamanha aventura por ai.

    ResponderExcluir

Comente este post!