sexta-feira, 21 de outubro de 2016

VAMOS CONHECER A TORRE DE BELÉM.

Pegamos um ônibus em frente ao hotel. O filho André nos mandou um roteiro e estamos seguindo com poucas variações.
Do ônibus fotografamos o Aqueduto das Águas Livres que, segundo o Wikipedia é " um complexo sistema de captação, adução e distribuição de água à cidade, e que tem como obra mais emblemática a grandiosa em pedra e que se ergue sobre o Vale de Alcântara, um dos cartões postais de Lisboa. O Aqueduto foi construído durante o reinado de D. João V, com início das obras em 1731 A sua origem é em Belas Sintras, e foi sendo progressivamente reforçado e ampliado ao longo do século XIX e resistiu  ao terremoto de 1775.
Agora uma caminhada a pé. Observe o nevoeiro baixo.
Vamos pegar aquele passarela.
Linha de bondes agora linha de trem e rodovia. Tem várias opções de transporte.
Muitos turistas aqui.
Não viemos m bom horário. O nevoeiro vai atrapalhar na visibilidade. Cadê a Torre de Belém?
Olha que fantástico.Essa obra tem praticamente a idade do Brasil.
Vamos entrar, é claro. Lembra que no aeroporto eu comprei o Lisboa Card? É muito bom. Optei pela compra para 3 dias sendo que a gente usa para pagar todo tipo de transporte e entrada livre na maioria dos museus e pontos turísticos.
Aquela área por onde chegamos, onde passa a estrada e a linha férrea, tudo isso, foi aterrado. Anteriormente o Rio Tejo cobria tudo, e assim essa torre ficava bem dentro de rio, e tinha a finalidade de proteção da cidade.
Também foi usada como presídio.
Tudo o que você vê era rio.
Tem de ter preparo físico. São 92 degraus.
Parece que até o parente do Cunha esteve preso aqui, em 1590. Veja abaixo.
Bonita a minha patroa.
Por essa peça a ponte descia, para dar acesso à Torre.

Bem alta, não?
O tempo clareou um pouco.
Muitas excursões. Na  Europa os países ficam muito próximos. Com isso vem gente de vários lugares. São muitos idiomas.

Mais museu. Um povo educado tem preocupação com sua memória.
Já estamos saindo para outra visita.
Compare os preços Lembre-se que 1 Euro = 3,8 Reais.
Na próxima matéria a gente vai mostrar  aquilo, do outro lado. Vale a pena uma matéria específica.
Aqui também foi recomendado por André, mas está sendo restaurado
Essa rosa dos ventos mostra em mapa a evolução das conquistas portuguesas, que foi poderosa em termos de navegação.
Tá aí a chegada no Brasil, em 1500. 
Um repouso às margens do Tejo.
Interessante essa, onde a criança vai sentada. Não conhecia.
Depois falo sobre aquela ponte.
Numa cidade voltada para o bem estar das pessoas, o gestor  pensa em tudo.
Vamos falar mais daqui a pouco. Fique ligado.

2 comentários:

  1. Pois é Cleber. Tem muita história atrás de tudo isso aí. Um abraço, SimãOlga




    ResponderExcluir
  2. Pois é Cleber. Tem muita história atrás de tudo isso aí. Um abraço, SimãOlga




    ResponderExcluir

Comente este post!