sexta-feira, 14 de outubro de 2016

A ARTE DE CRIAR COM LEGO

Com 5 crianças em SP, procuramos uma programa hoje que agradasse a todos, inclusive os adultos.
André e Mariana  recomendaram aqui, no Parque do Ibirapuera. Viemos todos.
Isso aqui é um mundo. Dentro do parque há inúmeros museus, auditórios e outros espaços administrados por órgãos municipais ou estaduais.
Viemos ver a criatividade da mostra A ARTE DE CRIAR COM LEGO, na Oca do Parque do Ibirapuera. São 80 obras criadas com mais de um milhão de peças de Lego! É um exemplo das múltiplas possibilidades que estas pecinhas oferecem, e que fascinam o público de todas as idades.
Muitos grupos de escolas públicas presentes.
Enquanto o filho André compra os ingressos...
Vamos entrar.
A primeira impressão não entusiasma. Mas só a primeira.
São várias salas temáticas, com projeções nas paredes.
Isso é bonito.
Não é permitido o uso de flash. Com isso as fotos não mostram nem de perto a beleza das peças.
Volto a lembrar que são montagens a partir de pecinhas plásticas, se você ainda não conhece a legomania.
Vá vendo a criatividade.
Você tem a liberdade de imaginar o que o artista pretendeu quando criou a sua obra.
Se você não viu exatamente isso, tudo bem. Como se lê, feliamente a arte não tem regras.

Essa por exemplo: o que o autor quer passar para quem admira essa obra?

Levamos um bom papo com O Pensador. Ele é meio caladão.
Nessa sala montagens com vários famosos do mundo. Jimi Hendrix, Mona Lisa, Beatles,... e Pelé.
Pela criança que admira você pode ver o tamanho desse Davi, de Michelangelo e do César Augusto.
Olha o tamanho desse dinossauro!
Quatro obras de arte.
O casal de vermelho é mais gordinho, não acha?


Aqui todos se empolgam.
Vovó e netinha também.
A netinha Alice com sua priminha Joana, também baianinha.

Todo mundo tenta criar algo.
Leo e Gui também.
Alice novamente.
Na verdade ela não fica parada.
E outros grupos de estudantes vão passando pela exposição.
André criou essa peça.
Alice e Joana, já fora da OCA.
De volta pra casa, passando pelos Jardins, onde se vê um lado rico de SP. A pobreza se esconde atrás de tapumes.

Léo tem aula agora. Não se perde aulas aqui, nem mesmo quando os priminhos estão na cidade. Deixamos os outros lá.

Muitíssimo interessante. Realmente, agrada a todos.
x

Um comentário:

  1. Que interessante !... REALMENTE SP é um outro Brasil. Parabéns aos paulistanos e paulistas.
    Gostei de ver as crianças c omo estão bonitas e desenvolvidas. E o vovô todo bobo... Estas priminhas, Joana e Alice, que coisa mais fofa ! Os homenzinhos sempre muito sérios, como qwem diga, não é hora de aparecer. Ainda não tenho gogó e barba... Mais tarde verão o meu charme, por enquanto aguentem minha seriedade. A escultura não está pronta e os legomaníacos têm que ir pra escola...

    ResponderExcluir

Comente este post!