Notícias regionais

Loading...

quinta-feira, 26 de março de 2015

OI VIVO ! CADÊ VOCÊ?

Continua a grande expectativa em Belisário em torno da ligação da nova torre da VIVO. Tudo deveria estar funcionando, mas a mudança de governo atrasou a obra. A coisa piorou pelo fato do sinal da CLARO, que hoje aqui chega de forma precária, através de uma repetidora de sinal, desde domingo deixou de funcionar. 
Mateus nos informou que tinha pessoas trabalhando no local. 
Pegamos o carro e fomos lá para ver.
Com uma camisa dessa tem de ser boa gente. Trata-se de Carlos, lá de BH. A sua empresa ganhou a licitação para fazer a instalação. Segundo ele o trabalho deve ser concluído amanhã, com a chegada e instalação  de um "gabinete". Depois disso um técnico virá para fazer a ligação definitiva. Ele não pode precisar, mas estima ser coisa de uma semana.
Lé em cima está Jorge Amado. 
O xará do poeta baiano pediu água para beber. Olha a dificuldade para a garrafa chegar até ele.  Carlos está amarrando na corda.
E lá vai ela sendo içada.
Dá para ver que estamos bem altos. Subimos na torre, até no primeiro estágio, para fotografar.
O Morro do Serrote à frente.
Faltou uma foto de Beli lá da plataforma. As ferragens  da torre atrapalhavam e o medo de cair me fez descer logo. 

Vamos continuar tentando informações mais precisas. Comunicação hoje é gênero de primeira necessidade.

CAMINHADA QUARTA

Uma oportunidade para mostrar as boas consequências das chuvas de fechamento de verão. A Cachoeira de Belisário cresceu o seu volume.
Sempre lembrando que em nada se assemelha a março anteriores.
Um belo pôr do sol nos aguarda.
Essas três estão sempre juntas. Mirian, à direita da foto, Suatia e Beiçuda.
Os pequenos sinais do Rio Fumaça fora de seu leito. Cadê aquele "marzão" que aqui se formava nessa época?
Terezinha e Durvalina estão pegando isso para fazerem vassoura, para limpar fogão a lenha.
As quaresmeiras estão exuberantes.
Olhai os lírios do campo!
Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé? (Mateus 6:30).
As duas também vieram pegar água na bica.  Aproveitamos para fazer uma conferência sobre a água.  É justificável pessoas comprarem garrafões de água mineral em Belisário? Há segurança que a água mineral é seguramente limpa? Sei não! Eu prefiro confiar na água do DEMSUR filtrá-la.
É bonito ver o "Fumaça" serpenteando por esse vale.
O sol cai ao lado do Itajuru.
Mas o gado de Ney Costa parece não terem pressa de se recolherem para dormir.
Mais uma casa nova na entrada do distrito.
Isso aqui já está parecendo a Avenida Paulista.
Uma dessas aí está esperando por você, que insiste em continuar morando na turbulência da cidade grande.

Como homenagem ao outono, curta essa belíssima letra de Aldir Blanc.



DAS MERCÊS 


Quando o outono desfolha os ramos,
O que chamamos saudade me despe também.
Recordando a minha timidez,
Vindo da missa das seis
No caminho de Maria das Mercês.



Ela passava distante e fria
Não demonstrando nos olhos a ânsia dos meus.
Sei que Maria fingia porque
Era esposa de Deus
A quem jamais trairia prá ter nos meus braços carinhos ateus



E eu a mercê de Maria
Não sei o que faço da minha ilusão
Folha amarela de outono caída no chão.


Deu para perceber a angústia de um apaixonado por uma freira, sem correspondência por parte dela, não é?

quarta-feira, 25 de março de 2015

25 DE MARÇO: HOJE DEVERIA SER FERIADO NACIONAL

Nessa data o CLUBE ATLÉTICO MINEIRO, o Galo Forte Vingador,  completa 107 anos de fundação. Veja um pouco de sua história, tirada de seu site oficial:

"Em 25 de março de 1908, um grupo de estudantes se reuniu no coreto do Parque Municipal, em Belo Horizonte. Esse foi o acontecimento que marcou a criação do Clube Atlético Mineiro. Ao longo de sua existência, o Galo se caracterizou como time do povo, o que impulsionou, de forma avassaladora, o crescimento do Clube.
Como prenúncio da trajetória vitoriosa que viria a trilhar, o Atlético venceu o seu primeiro desafio. Em 21 de março de 1909, a equipe alvinegra derrotou o Sport Club Futebol, de Belo Horizonte,  por 3 a 0, na casa do adversário. O primeiro gol do Galo foi marcado por Aníbal Machado, que se tornaria um grande escritor brasileiro. O rival não se conformou com a derrota, pediu revanche e foi novamente superado, desta vez pelo placar de 2 a 0. Na terceira partida entre as equipes, o Atlético aplicou uma goleada por 4 a 0, resultado que causou a extinção do Sport e o início do reinado atleticano em Minas Gerais, que perdura até os dias de hoje."

Tiramos algumas fotos históricas desse mesmo site:

Galo campeão da Taça Bueno Brandão em 1914.
Equipe que venceu a primeira competição interestadual profissional realizada no Brasil.
Título simbólico de ‘Campeão do Gelo’ e abriu as portas da Europa para o futebol brasileiro.

Em julho de 2013 fomos campeões da Libertadores.


O GAB virou o Mineirão.


A família unida nesse momento histórico.



Haja coração... bateu na trave.

Que festa! Que alegria!

Em 2014, o Atlético sagrou-se campeão da Recopa Sul-Americana.
Essa vitória a gente vibrou aqui mesmo em Belisário

Um outro grande momento nos esperava, em 2014. Fomos campeões da Copa do Brasil, em cima exatamente do Cruzeiro. Dose dupla de prazer.
Esse título  fomos receber lá em BH, no telão da Arena Independência, já que o jogo foi no Mineirão.
O sobrinho Rafael mandou esse dado, extraído da história do clube. Dê uma olhada nesse placar contra o Cruzeiro, em 1927. As "Marias" já eram freguesas naquela época.

Para o  meu conforto e segurança,  as minhas próximas gerações  trilharão por esse bom caminho.
AQUI É GALO!!!

Cantem comigo:


Hino Oficial Do Clube Atlético Mineiro
Nós somos
Do Clube Atlético Mineiro
Jogamos com muita raça e amor
Vibramos com alegria nas vitórias
Clube Atlético Mineiro
Galo Forte Vingador
Vencer, vencer, vencer
Este é o nosso ideal
Honramos o nome de Minas
No cenário esportivo mundial
Lutar, lutar, lutar
Pelos gramados do mundo pra vencer
Clube Atlético Mineiro
Uma vez até morrer
Nós somos campeões do gelo
O nosso time é imortal
Nós somos campeões dos Campeões
Somos o orgulho do esporte nacional
Lutar, lutar, lutar
Com toda nossa raça pra vencer
Clube Atlético Mineiro
Uma vez até morrer
Clube Atlético Mineiro
Uma vez até morrer
Nós somos campeões do gelo
O nosso time é imortal
Nós somos campeões dos Campeões
Somos o orgulho do esporte nacional

Lutar, lutar, lutar
Com toda nossa raça pra vencer
Clube Atlético Mineiro
Uma vez até morrer
Clube Atlético Mineiro
Uma vez até morrer
Clube Atlético Mineiro
Uma vez até morrer