sábado, 24 de setembro de 2016

ESTÁ CHEGANDO O DIA DO OKTOBEERLISARIOFEST

O evento vai acontecer no sábado seguinte às eleições ou seja, dia 8 de outubro, e vai começar às 15 horas.
Em Belisário, os ingressos estão à venda na Farmácia Balbino, com  Mateus. Ele dá direito a uma caneca de vidro de 407 ml e a beber dois dos seis estilos de chope. O festival deste ano terá apresentações do Couro e Corda, que toca MPB e Regionais; e do Besouro Rosa da Esquina, Pop Rock, Pink Floyd, Beatles e Blues.

Por aqui em Belisário, a produção está de vento em popa.
Renato Sigiliano e Caio Calais são os cervejeiros.
Estilos de cervejas na Oktobeerlisariofest 2016:
- American Pale Ale
- Indian Pale Ale
- Belgian Blonde Ale
- Pilsen
- Witbier
- Weiss
Estilo livre
- Speciality Smoked Beer (Strong Belgian Ale)
Os ingressos para a Oktobeerlisariofest são limitados e vendidos com antecedência.
Veja lá: https://www.facebook.com/Beerlis%C3%A1rio-907373512615973/?ref=ts&fref=ts

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

FEIRA DE CIÊNCIAS DA ESCOLA ESTADUAL É AMANHÃ, SÁBADO

É claro que você não esqueceu, mas mesmo assim vou reforçar:

Tema: Sustentabilidade e Qualidade de Vida - “Porque a Vida depende de nós"

Passei por lá hoje e o agito era geral. Todo mundo focado no evento.
Vai sair o quê aí, Samuca?

Acho que é a indicação para a barraca do 3º ano, onde irão vender produtos naturais.


Dia 24/09/2016, sábado
  •  13:00 Abertura oficial
  •  13:30 Apresentações culturais
  •  14:00 Abertura a visitação dos trabalhos


TODA PESSOA BOA SOA BEM

Voltando ao FESTCOROS de Juiz de Fora, lembra que eu fui assistir e publiquei o Coral Cantar'Arte, do Colégio Apogeu, nos Correios e depois mostrei a sua participação na abertura do Festival Internacional de Coros, no Cine Central? 
Pois então, comentei também que peguei o contato com a Maestrina Fabiana Silva. Vi no seu Face que ela era natural de Lafaiete. Conversa inbox vai, conversa inbox vem, descobri que ela nasceu na mesma época de meus filhos, naquela cidade, e que morava a poucos metros de minha casa, também em casa da RFFSA, e seu pai, Mário, era motorista da inspetoria de Via Permanente, que eu chefiava. Os pais eram amigos nossos. Coincidências boas da vida.

Veja uma das músicas por eles apresentada: 

A primeira pessoa soa como eu sou 
A segunda pessoa soa como tu és 
A terceira pessoa soa como ele e ela também 
Qualquer pessoa soa toda pessoa boa soa bem (Caetano Veloso)   

    


quinta-feira, 22 de setembro de 2016

ELEIÇÕES: CONVERSAR É SEMPRE PRODUTIVO.

Quando o candidato Grego esteve em Belisário, com a sua equipe, pudemos recebê-lo e fazer uma matéria no blog, mostrando algumas pessoas que o apoiam, em Muriaé e aqui em Belisário.
No último fim de semana aconteceu o comício do outro candidato, Helder Abreu, também com pessoas e candidatos a vereador que o apoiam, em Muriaé e aqui no distrito. Mas nós estávamos em viagem.
Sendo assim, recebemos hoje a visita de Marcus Campos e Ana, que vieram acompanhando o Dr. Carlos Wilson, também candidato a vereador, com o objetivo de falar um pouco das suas propostas para voltar a ocupar o cargo na Câmara Municipal, bem como das intenções de Hélder Abreu para com Muriaé e distritos, caso seja eleito prefeito.
Aproveitamos  para lembrar que o distrito tem um grande potencial turístico que precisa ser melhor explorado, além das potencialidades na área de agricultura e pecuária. Reforçamos alguns projetos que podem ser desenvolvidos por aqui.

O momento de falar é esse e depois cobrar. 
Foi uma boa conversa até pelo bom relacionamento que temos, já há alguns anos, com Dr. Carlos Wilson e Marcus. Ana nós conhecemos hoje.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

ATENÇÃO MURIAÉ E REGIÃO. VEJA ISSO!

A Academia Muriaeense de Letras-AMLE, dentre seus objetivos institucionais, além de buscar preservar e fortalecer a literatura no município de Muriaé, também procura fomentar as artes em geral. Dentro dessa perspectiva, a AMLE criou o projeto MOSTRA DE MÚSICA CONTEMPORÂNEA para que propostas musicais temáticas sejam apresentadas com qualidade profissional em Muriaé. 
No caso da “I Mostra”, o tema escolhido foi o JAZZ, este que é um dos grandes influenciadores da estética da Música atual, assim como também é um dos gêneros mais sofisticados e complexos dessa arte.
Para tal, a AMLE convidou um respeitado e estudioso músico do estilo em Muriaé e região, GILVAN PAIVA, que se apresentará com parcerias no formato de banda instrumental (teclado, bateria, contrabaixo, guitarra, sax alto e tenor). No repertório, dentre clássicos do jazz, haverá trabalhos autorais, bem como releituras jazzísticas de temas da MPB. 
O evento é uma produção conjunta da “Academia Muriaeense de Letras” com a “Escola São Paulo”, e conta com o apoio fundamental da “Music Fest Sonorização”. Graças a essa união de forças, o evento será totalmente GRATUITO. Porém, a entrada será limitada por TICKETS DE ENTRADA, os quais poderão ser retirados de duas formas:
1a- Reserve nominalmente pela internet, no link https://goo.gl/forms/iume3hFYvBxUw9o12, e retire sua entrada no teatro pouco antes do evento começar. 
2a – Serão disponibilizados alguns ingressos para serem retirados pessoalmente, a partir das 16 horas no dia 23/09 na Escola São Paulo, ou no local do evento, a partir das 19 horas. 

A “I MOSTRA DE MÚSICA CONTEMPORÂNEA DA AMLE” ACONTECERÁ NA PRÓXIMA SEXTA­FEIRA, DIA 23 DE SETEMBRO DE 2016, ÀS 20 HORAS, NO TEATRO MUNICIPAL BELMIRA VILLAS BOAS

A AMLE acredita que, com iniciativas como essa, realiza sua missão institucional para com a população de Muriaé e contribui com dinamização do cenário cultural da cidade. 

BIOGRAFIA DE GILVAN PAIVA Gilvan Ferreira de Paiva, natural de Muriaé, filho de um sanfoneiro da região conhecido como José pratinha e Marly Ferreira. Iniciou na música aos 12 anos de idade, quando começou a aprender os primeiros acordes com um amigo da igreja chamado Eliézio. Depois estudou música com o maestro Gerson Rosa de Oliveira, natural do Rio de Janeiro, e integrou por 3 anos como primeiro trompetista a formação marcial chamada “Banda Bem”.
Após esse período, tocou teclado por 11 anos em uma banda gospel chamada Milleto se apresentando em vários eventos do gênero por todo o país. Dividiu o palco em diversas ocasiões com cantores “gospel” famosos como: Bruna Carla, Ludmila Ferber, Tales Roberto e Cris Duran. Além disso, fez parcerias com a saudosa musicista muriaeense Bernardete Carneiro, como a apresentação de piano e violino realizada no Sesc de Guarapari. 
Atualmente Gilvan se dedica ao estudo do jazz, é tecladista e arranjador, e toca em bandas regionais. 

Repertório da apresentação 
1. Wave (Tom Jobim); 
2. Alta Tenção (Café com Jazz); 
3. Que susto (Autoria própria); 
4. Spain (Chick Corea); 
5. Garota de Ipanema (Tom Jobim);
6. Mania de tocar (Autoria própria); 
7. Fazendo barulho (Autoria própria);
8. Aquarela do Brasil (Ari Barroso).

FEIRA DE CIÊNCIAS DA ESCOLA ESTADUAL. PARTICIPE!

Escola Estadual Pedro Vicente de Freitas

Feira de Ciências 2016


Tema: Sustentabilidade e Qualidade de Vida.
“Porque a Vida depende de nós"

Venha prestigiar o trabalho de nossos alunos neste importante projeto que visa melhorar o meio em que vivemos e nossa relação com nós mesmos.
Dia 24/09/2016, sábado
 13:00 Abertura oficial
13:30 Apresentações culturais
14:00 Abertura a visitação dos trabalhos

SRE-Muriaé – SEE – MG
Belisário - Setembro/2016

terça-feira, 20 de setembro de 2016

VAMOS VER A ABERTURA DO FESTCOROS NO CINE CENTRAL

Faz parte do calendário oficial da cidade, através de uma lei municipal, sendo promovido pela Associação Artística e Cultural Coro Municipal Juiz de Fora e essa é a vigésima segunda edição do Festival Internacional de Coros de Juiz de Fora.
O evento, o maior da música coral no Brasil, é realizado anualmente no mês de setembro, e é aberto à participação de grupos de todas as partes do país e do mundo.
O FESTCOROS é realizado durante uma semana, com apresentações por toda a cidade, e em algumas cidades próximas, nos principais teatros, igrejas, universidade, escolas, shopping centers etc.

Assistimos e postamos a apresentação do Coral Cant'Arte, segunda, nos Correios, e à noite fomos no Cine-Theatro Central, para assistirmos a abertura do evento.
É um belíssimo espaço cultural,  que pertence à UFJF.
Os coralistas estão sentados, aguardando o início. Esse é o Coral do Colégio do Carmo.
Essas mocinhas são do Coral do Colégio Jesuítas.
Este veio de longe. A Camerata Este Madrigal é do Paraguai. Tem mais gente e você vai ver.
Olha que beleza!
Vamos ver quem se apresentou na abertura? Começamos com o Coral Angeli Coeli, composto de jovens, com repertório de músicas sacras, eruditas, folclóricas e populares. 
Ainda eles, agora com a Maestrina Céli Dias de Castro ao piano.
Coral da OAB, composto de advogados e profissionais da área jurídica, professores, estudantes de Direito e familiares. O regente é o Maestro Domício Procópio, que aliás, rege vários corais em JF.
Agora a Camerata Este Madrigal, que veio do Paraguai. Belíssimo. Doze vozes que se multiplicam como se fossem cem.
Olha aí aquela garotada do Coral do Colégio do Carmo. São 45 cantores de 8 a 14 anos, sob a regência do Maestro Charles de Oliveira, que foi professor do famoso coral infantil Canarinhos de Petrópolis.
Vox Uomini foi o próximo a se apresentar., e que tem como objetivo a divulgação do canto alpino, ou canto de montanha. Olha o Maestro Domício aí, novamente.
Agora o Coral da Pró-Música, que já gravou 7 CDs, sob a regência do Maestro Víctor Cassemiro. 
Coral Cant'Arte, já nosso conhecido, sob a regência da Maestrina Fabiana Silva. Também muito lindo. Eles mesclam clássicos, sacros, Barão Vermelho, Roupa Nova... Peguei o telefone dela. Quem sabe a gente consegue trazê-los aqui em Beli.
Coral Mater  Verbi, o famoso coro de meninos do Colégio Academia de Comércio, um dos mais tradicionais do Brasil, criado em 1953. A regência está com o Maestro Diego Frizero, que foi cantor desse mesmo coral.
E a noite é fechada com chave de ouro, com o Coral do Colégio Jesuítas.
Interessante. Apenas 2 vozes masculinas.
Foi uma belíssima noite com dois destaques: a fortíssima presença de cantores jovens. Dizer, portanto, que esse tipo de música é coisa de velho não cola. A segunda coisa,  o valor que os colégios católicos dão ao tema. Dos 9 participantes na abertura, 3 eram dessas instituições.

Hoje, terça, tomamos o rumo de Belisário. A foto tirada não ficou legal, devido ao tempo. Aproveitei essa foto do amigo Zé Muniz, de SP.