domingo, 13 de janeiro de 2019

PROJETO CALEB EM ROSÁRIO DA LIMEIRA

Recebi as fotos e informações de Alexon sobre esse projeto, que está acontecendo em Rosário da Limeira, que dista 11 km de Belisário. Sobre o projeto a gente lê:
O Projeto Missão Calebe se destina a mobilizar milhares de jovens em toda a América do Sul, desafiando-os a dedicarem parte de suas férias para fazerem evangelismo em lugares onde não há presença adventista. Ele se tornou o maior movimento de jovens dos últimos tempos. Não há dúvidas de que o programa é a estratégia de Deus para integrar a juventude no evangelismo.(https://www.adventistas.org/pt/jovens/projeto/missao-calebe/) Projeto Caleb
Segundo Alewxon, esses jovens estarão na cidade por 15 a 20 dias, em parceria com a Prefeitura Municipal, que lhes concedeu uma escola para acamparem e com eles vem fazendo pequenos reparos em casas e patrimônios públicos.
No sábado esses jovens, alguns do Projeto Desbravadores, organizaram uma Feira da Saúde, orientando as pessoas para práticas saudáveis, remédios naturais, proteção contra raios solares, cuidado com a água de consumo, sem deixar de reforçar a necessidade de confiança em Deus na jornada da vida.
Exercícios físicos sempre são importantes.
Alimentação saudável.
Higiene é fundamental. Lugar de lixo é no lixo. 
Os jovens fazem visitas nas casas.
O pastor Gustavo Marques, de Juiz de Fora, é o coordenador do projeto. Ana Carolina, esposa de Gustavo Murta, que mora em Rosário da Limeira, também está na coordenação.
Cleia também me mandou algumas fotos.
Programação cúltica à noite.
E palestras.
Boas ações estas. A Igreja primitiva, aquela única, instituída por Jesus, tinha como característica uma forte aproximação com a comunidade em geral. Está em Atos 2 que os convertidos ao cristianismo eram cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. Todos os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e contavam com a simpatia de todo o povo.  

sábado, 12 de janeiro de 2019

FÉRIAS NA CASA DA VOVÓ

Antes de falar disso, vamos tratar de coisa séria. Recebemos, na sexta, a visita da Assistente Social Rosa, que veio junto com Natânia, da UBS. Ela atende uma área da saúde em Muriaé e foi premiada para atender também Belisário, às sextas-feiras.
Ganhamos 2 cadeiras de rodas, uma de amiga de Clésio (BH) e outra de uma amiga de Cibele (RJ). Ambos estão sempre atentos às necessidade de Beli.
Rosa, que conhece profundamente as aflições das pessoas por ela assistidas, nos pediu para que uma das cadeiras fosse atender uma pessoa extremamente necessitada, num dos bairros de Muriaé. A outra já tem candidato por ela indicado,  aqui em Beli. Levamos para ela a cadeira, já na sexta.
Rosa nos passou muito profissionalismo.

E nem registrei essa ida dos netos na cachoeira. A família em SP e Salvador quer acompanhá-los nas férias aqui na casa da vovó.
Nesse dia estava vazia de banhistas. Mas registramos as presenças de Átila com esposa e filha e Waldemar Costa Neto. O amigo Cristiano já frequenta Belisário.
Um banho de cachoeira, com carinho de mamãe, é tudo de bom.


A garotada gosta mesmo é de ir lá na caçamba da caminhonete, mesmo com poeira. 
Voltamos lá nesse sábado. Tinha mais gente, mas um ambiente tranquilo. Nada de som inconveniente.
Em casa tinha trabalho voluntário. Limpar o laguinho do quintal.
Com um banho na piscina olímpica, como compensação. Sempre com os amigos locais.
Mas o que eles mais curtem mesmo é a liberdade de andarem pelas ruas, irem no comércio e comprar o que querem. O pior é que é tudo na conta do vovô Cléber.
Temos mais bons momentos para mostrar.

AGORA É O CARNABELI 2019

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

FAZENDO O BOTA-FORA

Todos ficaram satisfeitos como evento de lançamento do livro de D. Nina e a comemoração de seus 90 anos. A diretoria também fez uma boa a avaliação, mesmo com os improvisos que se fizeram necessários.
Bem cedinho desci a serra para levar Cibele na rodoviária, para ela pegar o ônibus das 7 horas para o Rio de Janeiro. Ela tem muita disposição.
Na volta pra casa pego essa cena de um carcará, com Beli ao fundo.
Outra dele.
E às nove recebemos em nossa casa essa turma para o café da manhã. Lauro, Laila e Evaristo dormiram no GAB, e também D. Nina. 
Renato e Mariléa dormiram aqui em casa.
Nada especial, além da famosa broa de Mírian. Coisas da terra mesmo.
As flores que o prefeito Grego ofereceu para ela ajudaram a enfeitar o nosso café.
Mirian quis seu livro autografado.
Fomos ao GAB para eles pegarem as malas. Evaristo vai com os avós para BH. D. Nina retorna para Miradouro.
Mas antes quiseram visitar o Museu. Sheila, a coordenadora, me pediu para mostrar-lhes.
Mas quem vai fazer isso é a sua criadora, Nina Campos.
Ninguém melhor do que ela para explicar cada foto dessa.
Lauro participou do alto escalão da AÇOMINAS., com engenheiro que é.
E os primos Renato Sigiliano e Marilea, ainda por aqui.
Veio ajeitar algumas coisa na KOMBEERLISARIO e partir para a Cachoeira do Nahor.

E assim fechamos o tema. É vida que segue.
Só mais uma coisinha, D.Nina sugeriu aos convidados que não lhe dessem presentes. Quem assim desejasse deveria ajudar de alguma forma o GAB. Uma pessoa deu material de limpeza e vários deixaram contribuição financeira em envelopes, o que rendeu 460,00 para a tesouraria da instituição. Agradecemos muito.